segunda-feira, 16 de julho de 2007

Hino à Hécate

Virgem infernal, intocada e gloriosa,
De Ceres a guia, tochas às mãos
levou-a pela Noite à procura da filha.
Canto-a, divinal Hécate, a Trivia,
da belíssima Proserpina a sócia.
Ó Hécate, das virgens imaculadas,
tão somente, agrata-te a companhia,
pois muito prezas o Pudor e a Modéstia.
Santa deusa infernal, na primavera
à Juno Averna escoltas ao preclaro
Olimpo cuminoso, onde mãe e linda
filha em luz e paz se reencontram.
Bento teu ministério, Hécate dos
flamejantes e luminosos archotes.

5 comentários:

Constantin Constantius disse...

Olá!

Parabéns pelo blog! Coloquei nos meus favoritos e vou divulgar entre meus amigos!

Abraços!

Paulo disse...

Obrigado, Constantin, embora me falte o tempo de o atualizar devido ao início dos aulas, há mais por vir.

Wireless disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Wireless, I hope you enjoy. The address is http://wireless-brasil.blogspot.com. A hug.

Fernando disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernando disse...

Paulo, esse belo hino à Trívia, de quem seria autoria?
Att,
Fernando